Submissões

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  • O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word (extensão DOC ou DOCX).
  • URLs para as referências foram informadas quando possível.
  • O texto está com espaçamento entrelinhas 1,5; usa uma fonte de 12-pontos; emprega itálico em vez de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento na forma de anexos.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos abaixo.

Diretrizes para Autores

Seções de publicação
- Artigos originais: Seção dedicada à publicação de artigos originais resultantes de pesquisas na área da saúde, bem como de suas interfaces com o campo da educação. Os artigos devem ter entre 3500 a 6500 palavras, incluindo notas, tabelas e referências bibliográficas. Limite de 6 tabelas e 6 figuras.
- Artigos de revisão: Seção para artigos de revisão dedicados à discussão e à análise de pesquisas da área da saúde. Os textos devem ter entre 4200 e 9000 palavras, incluindo notas, tabelas e referências bibliogr´ficas.
- Brief review: Seção que publica análise de revisão concisa sobre um tema, contendo etre 3000 e 7000 palavras, incluindo notas, tabelas e referências bibliográficas.
- Relatos de caso: Seção que publica descrições de caso, tendo em vista casos particulares e problemas específicos de interesse para o campo científico. Os textos devem ter entre 3000 e 5000 palavras. No caso de relatos de caso animal (medicina veterinária), não há necessidade de tramitação da pesquisa pelo comite de ética.
- Relatos de experiência: Seção que publica descrições de de experiência, tendo em vista temas e problemas de interesse para o campo científico. Os textos devem ter entre 3000 e 5000 palavras.
- Comunicações breves: Seção para publicação de resultados de pesquisa que possam ser sintetizados em textos sucintos, contendo entre 1000 e 2000 palavras, incluindo bibliografia.
- Resumos: Seção dedicada à publicação de comunicações de pesquisa ou experiências, com limite de 1000 palavras.
- Entrevista: Seção dedicada à publicação de entrevistas com pesquisadores e pesquisadoras da área de saúde, discutindo temas de interesse científico e relevância social decorrentes de pesquisas.

1. Normas gerais
1.1 Todas as contribuições devem ser encaminhadas por meio deste sistema. Não aceitamos contribuições encaminhadas por e-mail. Se houver problemas com o sistema, solicitamos que os(as) autores(as) entrem em contato com a equipe editorial do periódico: rev.se@baraodemaua.br
1.2 Ao submeter seu manuscrito à Revista Interdisciplinar de Saúde e Educação, o(a) autor(a) informa que o mesmo não está sendo avaliado por nenhum outro periódico.
1.3 Elementos obrigatórios: título, title, resumo, abstract, palavras-chave e keywords.
1.4 Resumo com, no máximo, 250 palavras e entre 3 e 5 palavras-chave. Elementos obrigatórios no resumo, que deve ser redigido em texto corrido: introdução, objetivos, metodologia, resultados e conclusão.
1.5 Manuscritos em fonte Times New Roman, tamanho 12.
1.6 Bibliografia e citações (sistema autor-data) conforme os modelos de referência da revista (instruções no item 4).
1.7 Pesquisas referentes à investigação humana e à pesquisa animal devem ter aprovação dos respectivos comitês de ética, caso estejam enquadradas nos critérios prescritos pelos órgãos competentes e nas resoluções da Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (CONEP). Solicitamos especial atenção ao prazo e aos procedimentos de tramitação nos comitês, pois a submissão e o acompanhamento da pesquisa são responsabilidades do pesquisador proponente, não da revista.
1.8 Os autores devem indicar qualquer conflito de interesse. Se não houver conflito, a seguinte mensagem deve ser reproduzida na seção "Conflitos de interesse", posicionada antes das referências bibliográficas: "Os autores não têm conflitos de interesse a divulgar".
1.9 O manuscrito deve ser enviado com paginação em algarismo arábicos.
1.10 Não serão aceitos arquivos com mais de 10 Mb.
1.11 Caso a pesquisa precise de aprovação de comitê de ética, os dados de aprovação devem ser mencionados no texto.

2. Normas de formatação
2.1 Espaçamento entrelinhas de 1,5.
2.2 Os manuscritos devem estar em formato Microsoft Word (extensões DOC ou DOCX).
2.3 Margem esquerda, direita, superior e inferior em 2,5 cm.

3. Critérios de avaliação editorial e de avaliação por pares (pareceristas ad hoc)
3.1 Adequação da contribuição ao escopo da revista.
3.2 Cumprimento das normas de formatação.
3.3 Clareza e qualidade da redação.
3.4 Consistência teórico-metodológica e relevância da pesquisa para a área.
3.5 Diálogo com a bibliografia especializada.
3.6 Privilegiaremos pesquisadores com doutorado para a função consultiva de pareceristas ad hoc
3.7 A função deliberativa sobre a publicação dos textos é delegada ao conselho de editores

4. Modelos de referência bibliográfica
4.1 Artigos
- NASCIMENTO, C.; ARAÚJO, K. M.; GUSMÃO, D. B.; SOUZA; P.; SANTOS JUNIOR, J. A. Avaliação da automedicação entre estudantes de medicina de uma instituição de ensino de Alagoas. Revista de Medicina, São Paulo, v. 98, n. 6, 2019.
4.2 Livros
SALDIVA, P. Vida urbana e saúde. São Paulo: Contexto, 2018.
4.3 Capítulos de livro
- WUNG, J.-T. Hérnia diafragmática congênita. In: MOREIRA, M. L.; LOPES, J. M.; CARVALHO, M. (Orgs.). O recém-nascido de alto risco: teoria e prática do cuidar. Rio de Janeiro: Editora FIOCRUZ, 2004. p.510-24.
4.4 Teses acadêmicas
- BARBOSA, D. A. N. Potenciais evocados auditivos em doenças desmielinizantes na infância. 129 p. Dissertação (Mestrado) – Programa de Ciências da Reabilitação, Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2019.
4.5 Legislação e instruções normativas oficiais
- BRASIL. Instrução Normativa n. 11, de 29 de setembro de 2016. Dispõe sobre a lista de medicamentos isentos de prescrição. 2016 set 1: 99.
- BRASIL. Conselho Federal de Medicina. Código de ética médica: resolução CFM n.1931/09. Brasília: CFM; 2010.

5. Estrutura dos artigos originais
Página de rosto / Resumo / Palavras-chave / Abstract / Keywords / Introdução / Material e método / Resultados e discussão (os dois itens podem ser apresentados como seções separadas no artigo, dependendo dos critérios do autor) / Conclusão / Conflito de interesse / Agradecimentos / Referências bibliográficas

6. Estrutura dos artigos de revisão
Página de rosto / Resumo / Palavras-chave / Keywords / Abstract / Introdução / Metodologia (opcional) / Desenvolvimento / Conclusão / Conflito de interesse / Agradecimentos / Referências bibliográficas

7. Estrutura para brief review
Página de rosto / Resumo / Palavras-chave / Keywords / Abstract / Introdução / Metodologia (opcional) / Desenvolvimento / Conclusão / Conflito de interesse / Agradecimentos / Referências bibliográficas

8. Estrutura das comunicações breves
Página de rosto / Resumo / Palavras-chave / Abstract / Keywords / Texto corrido / Conflito de interesse / Agradecimentos / Referências bibliográficas

9. Página de rosto
9.1 Título conciso, evitando o uso de abreviações.
9.2 Nomes completos dos autores (ex.: Maria da Silva) e afiliações em nota de rodapé, contendo também o e-mail de contato.

10. Direitos de autor e de publicação
10.1 Não há taxas para submissão nem publicação de artigos.
10.2 Qualquer reprodução dos conteúdos publicados deve fazer referência à revista como fonte original da publicação.
10.3 Incentivamos que os autores difundam seus textos via internet, bem como armazenem as produções em repositórios institucionais, tendo em vista as potencialidades de publicações de acesso aberto (ver The effect of open access).

11. Procedimentos de avaliação de textos
11.1 Desk review dos editores: avaliação interna, verificando adequação do texto ao escopo, observância às normas do periódico e comitê de ética (quando necessário).
11.2 Peer review: uma vez aprovado na etapa 11.1, o texto é encaminhado para análise de pareceristas externos.
11.3 Deliberação editorial: uma vez emitidos os pareceres dos assessores externos, os editores deliberam sobre a publicação do texto.

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros. Os dados pessoais mínimos armazenados no sistema após o cadastro são: nome completo, e-mail, vínculo institucional e país. Opcionalmente o usuário pode fornecer informações sobre Orcid, biografia e interesses de pesquisa. Os sujeitos fornecedores dos dados possuem total controle de sua disponobilidade em seu perfil e podem solicitar a remoção de informações ao editor-chefe.